Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

Fumar Sem Inalar

Imagem
"António Costa disse hoje que foi informado logo a seguir ao roubo do material militar em Tancos que este não aumentava o perigo para segurança interna, nem havia associação a grupos terroristas. (Observador)". Grande decepção. E nós a pensar que tínhamos entrado na alta roda do Terrorismo e do Crime Organizado. Só espero que o Estado Português não seja chamado a indemnizar os larápios por quebra de expetativas.

It's Statistics, Stupid

Imagem
Ao que parece será publicada, em setembro próximo, uma biografia não autorizada de Juan Carlos I onde se afirma que o rei emérito de Espanha teve, ao longo dos seus 79 anos, cerca de 5000 amantes. Tal afirmação, compreensível do ponto de vista do marketing, não resiste todavia a uma análise estatística. Ora, se Juan Carlos começou a sua puberdade aos 12 anos como parece ser a mediania nos varões, então teve 67 anos para "desenvolver a sua atividade". A isso correspondem 24.445 dias de existência. Partindo pressuposto que os cinco milhares não se repetem então teremos uma amante diferente em cada 4.9 dias. Convenhamos que, mesmo para um Bourbon, é obra...

FRIEND OR FOE?

Imagem
Assisti ao filme "Icon" sobre a carreira desportiva (e química) de Lance Armstrong. Passados todos estes anos sobre as suas sete vitórias no Tour já se desvaneceram todas as dúvidas sobre a adulteração dos resultados desportivos de Lance através de um programa de dopagem "irrepreensível" ("o mais sofisticado e profissional programa de dopagem da história do desporto" segundo a USADA). Porém como em tudo na vida mesmo os "vilões"  têm um lado bom. A quantidade de gente que foi ajudada pela Fundação que criou para ajudar as vítimas do cancro (https://www.livestrong.org) e a motivação desportiva e competitiva de alguém que tinha vencido um inimigo mortal e cuja atitude mental perante as adversidades era inabalável são o lastro positivo que apesar de tudo deixou.

O que a Malta quer

Imagem
Jean-Claude tem a subtileza de um paquiderme em loja da Vista Alegre. Todos o sabemos. O que não impede que tenha razão. Ontem perante um facto incontornável solta nova boutade. Se é imperdoável que o hemiciclo europeu estivesse "às moscas" para escutar Muscat sobre o semestre da presidência maltesa. A declaração demonstra desrespeito pelo princípio da separação de poderes. Porém se tem sido mais institucional teria marcado pontos.

Do or Die!

Imagem
A notícia veio, como todas, repentinamente e sem aviso prévio: morreu Kohl aos 87 anos de idade. Teve o mais longo consulado à frente da chancelaria alemã (depois de Bismark). Foi marcante a todos os níveis, a reunificação alemã, a moeda única (que impõe face ao próprio cetismo dos alemães) e uma visão da Europa forjada num pacifismo militante de quem acreditava que a alternativa ao projeto europeu significaria (e significa) a guerra. Por isso a União Europeia, com todas as suas vicissitudes, é o projeto político em que todos nos revemos e Kohl fica, provavelmente, como o seu maior paladino.