sexta-feira, 15 de julho de 2011

DÉJÀ VUE - A RETÓRICA DA CRISE


"Os problemas dos USA não são os da Grécia ou de Portugal." (Barack Obama)


Este é o primeiro sinal que a crise da dívida soberana chegou, de facto, aos USA.


A retórica da crise está instalada do outro lado do "charco" tal como já acontece há alguns meses deste lado. Lembram-se do "a Irlanda não é Grécia", seguido de "Portugal não é a Irlanda" e de "a Espanha não é Portugal"?


E, para além da retórica estamos perante uma verdade insufismável, os USA não são nem Portugal nem a Grécia. É que se entrarem em default , seja por a situação financeira ser grave, seja por teimosia partidária no Congresso, o melhor é o resto do mundo por as suas barbas de molho.



Sem comentários: