quinta-feira, 12 de maio de 2016

CANSE-O...


Se a ideia era ajudar na defesa jurídica de José Sócrates então, e ao contrário do mainstream, sou daqueles que entendem que - pelo menos parcialmente - o tiro saiu pela culatra.

O frete jornalístico terá resultado na tentativa de ilibar Fernanda Câncio de algumas suspeições sobre a sua pessoa mas, paradoxalmente, faz com que os argumentos do Ministério Público na "Operação Marquês" sejam tacitamente admitidos como corretos.

Senão como interpretar que, caso “fizesse ideia da relação pecuniária entre Carlos Santos Silva e José Sócrates”, “teria feito perguntas por considerar a situação, no mínimo, eticamente reprovável”.

Sem comentários:

Class Conflict ou o PCP no seu melhor

Quando um cidadão "médio" do centro político discorre sobre o Partido Comunista Português aponta, normalmente, o facto de &quo...