Wishful Thinking


FPB é o militante n.º 1 do PSD e um dos seus fundadores em 1974.

É uma pessoa cordata e simpática e tem sido, seja por via partidária, governativa ou editorial, um protagonista da vida pública portuguesa desta terceira república.

Todavia as suas declarações acerca da Constituição e da importância da sua revisão, sendo correctas pecam pela inutilidade. 

É óbvio que a CRP está datada temporal e ideologicamente, ela tal como as precedentes são textos filhos das revoluções que as geraram e padecem das virtudes e defeitos concomitantes a essa circunstância histórica.

De igual modo "são precisos dois para dançar o tango" e o PS tem provado querer sempre exercer o seu papel de "guardião do templo" e nunca vai além de revisões cirúrgicas. Não acredito que desta vez seja diferente e, o grande desafio, será o de neste enquadramento constitucional ter a arte e o engenho de fazer corresponder "as omeletes" aos "ovos" que o país e a sua economia são capazes de gerar garantido a protecção social dos efectivamente necessitados.

De resto FPB também vai dizendo que "talvez neste momento haja tarefas mais urgentes"... 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

It's Statistics, Stupid

O que a Malta quer

Do or Die!