Quadratura del Cerchio


Contraditório e paradoxal o pensamento de Paul Krugman neste post do seu blogue no NYT.

Se, por um lado, acha aquilo que os cidadãos dos países periféricos atingiram o limite da paciência e da capacidade de resiliência à austeridade, por outro lado, continua a defender a "desvalorização interna" nesses países como uma necessidade premente, ou seja, mais austeridade.

Qvid Ivris?

Comentários

Mensagens populares deste blogue

It's Statistics, Stupid

Do or Die!

O que a Malta quer